Como achar o imóvel em Maringá ideal para se mudar com a família

Confira nosso texto e algumas dicas que podem lhe ajudar na sua mudança.

Por jurandanews em julho 3, 2020
Imagem: Freepik

Se mudar para um apartamento ou para uma casa pode se tornar um desafio para todos, e pode ser ainda mais complicada quando se envolve uma família, pois você tem muitas outras demandas que devem ser consideradas para trazer mais qualidade de vida, e para conseguir atender todas essas expectativas aqui vai algumas dicas.

Um bom começo para escolher o imóvel ideal, é avaliar muito bem a localização e a estrutura disponível no bairro. Afinal de contas você não quer ter que se deslocar por quilômetros, caso ocorra alguma emergência médica ou enfrentar um trânsito muito complicado para fazer uma compra simples, é claro que a localização é importante para qualquer pessoa, mas quando tem crianças envolvidas na jogada você tem que pensar com cuidado antes de fechar o negócio, considere por exemplo a proximidade para escola que eles estudam pois isso resultará em um deslocamento diário, é bem importante levar em consideração também a proximidade com pontos de interesse que fazem parte do lazer familiar, como as praças, parques, shopping center, entre outros lugares que você costuma frequentar e isso vai facilitar a adaptação deles no dia a dia.

Realize uma análise de regiões que tenham hospitais os médicos, clínicas além de centros comerciais e lojas, mas como esses bairros são mais valorizados, se por acaso você não tiver muita grana disponível para investir em um novo imóvel, poderá apostar em bairros com um grande potencial de serem valorizados no futuro e que você entenda que tenha investimentos públicos e privados ao longo prazo.

Se você já tem algum bairro em vista, converse com amigos e conhecidos que morem ali ou próximo, para saber como é experiência de vida na região, opte também por dar uma volta no local, observar como é a vizinhança e se existe muitas casas à venda em Maringá, caso tenha fale com os proprietários e tente descobrir qual o motivo da venda, pois isso pode dizer muito sobre o bairro.

O tamanho do imóvel deve ser condizente com o número de pessoas que vão morar no local, mas quando você tem filhos você deve considerar especialmente o quisto no médio a longo prazo, pois embora as crianças sejam muito adaptáveis quando pequenas e consigam compartilhar com facilidade quartos e banheiros, esse cenário pode não ser o mesmo quando eles crescerem, especial na adolescência, pense nisso antes de tomar sua decisão.

Pensar em morar em condomínios que possuem um clube também é uma ótima opção, e esse modelo de residência se tornou uma verdadeira moda, pois esses espaços permitem que os moradores tenham um momento de lazer e entretenimento dentro do próprio local onde vivem, e ainda pode ser um grande diferencial em termos de segurança, mesmo que esse tipo de unidade custe um pouco caro, mais o investimento pode valer a pena. Na questão de segurança, morar em apartamentos também é uma excelente opção, se você tem animais de estimação faça uma boa pesquisa, pois você pode gostar de algum local que não aceite os bichinhos, ou caso encontre algum apartamento à venda em Maringá pode verificar quais são as regras com o sindico.

Quando for escolher uma residência, sempre pergunte a toda família o que eles esperam de um novo lar, as crianças com idade entre oito e treze anos, podem ser mais relutantes, por isso conversar com eles é sempre bem importante, assim eles vão se sentir melhores com a ideia de morar em um local novo.

Verifique a estrutura no novo local, se não tem problemas hidráulicos ou elétricos, veja se toda a parte interna e externa, se encontrar pequenos defeitos, como por exemplo rachaduras ou uma caixa de água que faz mais barulho ao encher, sempre analise se essas pequenas coisas não se tornaram grandes problemas no futuro. Muitos imóveis em Maringá que estão à venda já possui uma boa manutenção, mas se quiser realizar alguma reforma coloque isso no papel também.

Caso planeje trocar de residência, mas que seja por um período curto, uma boa opção é buscar por imóveis disponíveis para locação, pode ser mais interessante e pode ter um valor mensal que caiba no orçamento familiar no final do mês, pois muitos acreditam que pagar aluguel seja um desperdício de dinheiro, mas o custo benefício e o tempo em que vai residir no imóvel é o que mais importa. Coloque tudo no papel e faça uma conta, por exemplo se for residir no imóvel por apena dois, faça 24 meses vezes o valor mensal do aluguel, e veja se o valor total dessa conta se vale apena, mas lembre-se que o valor de uma prestação de compra de um imóvel pode ser até três vezes mais caro, do que a prestação de um aluguel.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como achar o imóvel ideal para se mudar com a família!

Artigos Relacionados