Policia Militar prende acusado de homicídio na Vila Rural em Campo Mourão

O crime ocorreu em uma propriedade rural. Após matar a criança com brutalidade, o assassino fugiu e a princípio teria se escondido em meio há uma mata. Através de uma denúncia anônima, policiais militares localizaram o suspeito. João Paulo Pereira de 37 anos, foi conduzido até a 16° SDP para serem tomadas as providências cabíveis. Nas roupas do criminoso havia manchas de sangue. O crime chocou os moradores de Campo Mourão.

Por jurandanews em julho 20, 2020

Foi preso nas primeiras horas da manhã deste domingo, 19, em um dos bairros (Jd. Santa Nilce) da cidade de Campo Mourão-PR, o homem que é apontado como principal suspeito de ter matado na última sexta-feira, 17, a golpes de faca, um menino de 10 anos.

O crime ocorreu em uma propriedade rural. Após matar a criança com brutalidade, o assassino fugiu e a princípio teria se escondido em meio há uma mata. Através de uma denúncia anônima, policiais militares localizaram o suspeito. João Paulo Pereira de 37 anos, foi conduzido até a 16° SDP para serem tomadas as providências cabíveis. Nas roupas do criminoso havia manchas de sangue. O crime chocou os moradores de Campo Mourão.

DETALHES DO HOMICÍDIO

O crime que chocou a população Mourãoense, ocorreu em uma Vila Rural que fica situada as margens da rodovia PR-558, na saída para Araruna. Jonas Gonçalves da Silva, de 10 anos, brincava na propriedade quando repentinamente foi atacado pelo assassino, que a princípio sofre de esquizofrenia. O menino foi golpeado (esfaqueado) na altura do peito. Ele chegou a ser socorrido, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Santa Casa de Campo Mourão. Após esfaquear a criança, João Paulo Pereira, de 37 anos, saiu correndo e desapareceu.

Um cão farejador do Choque Canil, auxilia a polícia nas buscas pelo criminoso. Pereira teria se escondido em meio há uma mata. O assassino já conta com antecedentes criminais. O repórter Anderson Domingos (Serviços Campo Mourão), apurou que no passado ele foi preso por esfaquear uma outra pessoa. Os moradores da Vila Rural, onde o crime ocorreu, estão revoltados e clamam por justiça.

 

Artigos Relacionados