ARGENTINA – Laboratório agrícola lidera descoberta contra coronavírus

Descoberta poder ser um remédio, para tratamento posterior ao contágio.

Por jurandanews em julho 22, 2020

Uma empresa de Santa Fé, na Argentina, dedicada ao desenvolvimento de produtos para a proteção e crescimento de culturas, desenvolveu proteínas com efeito antiviral contra a Covid-19. O conhecimento no desenvolvimento de produtos para a agricultura permitiu a descoberta, segundo o que informou o portal local Agrofy News.

Embora o estágio esteja em desenvolvimento inicial, o laboratório de Malbrán ficará encarregado de aprovar. A Nova, como se chama a empresa, está localizada em Cañada de Gómez, Santa Fe, e há 35 anos dedica seus desenvolvimentos e conhecimentos ao setor agrícola. Oito anos atrás, um grupo de pesquisadores foi formado para produzir compostos biológicos usados em várias indústrias.

Essa equipe, liderada por sete biotecnologistas e um engenheiro químico, deu o primeiro passo no desenvolvimento dessas proteínas. Da empresa, enfatizaram que são prudentes e fizeram contatos com áreas do Estado para aprofundar o desenvolvimento.

“Estamos focados na purificação dessas proteínas e no estabelecimento de alianças de colaboração com instituições especializadas em avaliar sua capacidade antiviral “, explicaram os representantes da empresa.

Mauro Piva, CEO da Nova, explicou ao BCR News que a descoberta funciona como um bloqueador entre os receptores do corpo e o vírus, e teria um efeito curativo e não preventivo. Nesse sentido, eles enfatizaram que não seria uma vacina, mas um antiviral curativo.

“Queremos ser muito cautelosos, mas ao mesmo tempo otimistas quanto aos resultados internos obtidos em laboratório, mas não lidamos diretamente com o novo coronavírus, entretanto o avaliamos em kits originários dos EUA que simulam a reação desses dois antivirais em humanos”, garantiu o CEO da empresa.

Artigos Relacionados