24.9 C
Juranda
sábado - 20 abril - 2024
HomeDestaquesNigep apresenta estudo para projeto turístico em Juranda, no Oeste do PR

Nigep apresenta estudo para projeto turístico em Juranda, no Oeste do PR

Foto: Marcos Camargo/Juranda News

A equipe do Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública (Nigep) da UEL entregou, na quarta-feira (28), o estudo de viabilidade econômica e mercadológica para a administração do município de Juranda, na região Oeste do Estado, que foi incluído no projeto “Rota do Milagre”. A entrega foi durante cerimônia realizada no Centro de Eventos Municipal, com a presença de mais de 20 prefeitos da Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam), da prefeita de Juranda, Leila Amadei, do deputado estadual Artagão Filho, além da equipe da Invest Paraná, responsável pelo  programa estadual Invest Cidades, que oferece um roteiro para estruturação de um plano de atração de investimento focado em oportunidades locais.

Foto: Marcos Camargo/Juranda News

A UEL esteve representada pela coordenadora do Nigep, professora Vera Sughiriro, e pelos professores Saulo Amâncio e Eduardo Contani, que integram a equipe do programa. De acordo com o professor Saulo, o estudo foi encomendado pela prefeitura de Juranda por recomendação da Invest Paraná. O objetivo é realizar investimentos no turismo regional, amparado em uma base sustentável, com foco no médio e longo prazos.

Juranda está entre os municípios paranaenses que deverá receber Pontos de Apoio para turismo. O modelo é utilizado com bons resultados pela “província-irmã” do Paraná, Hyogo, no Japão. O Governo do Paraná pretende implantar 15 pontos turísticos nas rodovias, com o projeto intitulado Ponto Paraná. A UEL desenvolve os Estudos de Viabilidade Mercadológica e Econômico-Financeira dos Projetos-Pilotos, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

Foto: Marcos Camargo/Juranda News

A partir da entrega do estudo, caberá à administração municipal executar os projetos complementares e viabilizar os recursos financeiros para a implementar o projeto de turismo religioso e rural que abrange quatro etapas: Marco Zero (monumento referencial do milagre); Milagre de Juranda (exposição documental), Memorial do Milagre (projeto inovador dotado de recursos tecnológicos que fará com que o visitante seja levado à uma experiência sensorial).

O projeto prevê ainda um Parque Temático do Milagre, que deverá ser construído às margens da BR-369, constituído de ambientes de encontro do turismo e do conhecimento, arte, cultura e devoção. O objetivo é alavancar o desenvolvimento socioeconômico da região, contando com espaços gourmet para manifestações culturais e artísticas, centro de eventos e espaços de comercialização de artesanatos e de produtos da agricultura familiar.

Fonte: O Perobal 

OUTRAS NOTÍCIAS