18.7 C
Juranda
quinta-feira - 22 fevereiro - 2024
HomeCultura"O Milagre de Juranda" - filme contará a história do menino Lucas;...

“O Milagre de Juranda” – filme contará a história do menino Lucas; gravações começam em breve

Elenco já está praticamente definido e contará com artistas de renome nacional.

Prefeita Leila juntamente com as representantes da RN Produções e Aréne Produções responsáveis pelas gravações do Filme O Milagre de Juranda”

O milagre do menino Lucas, de Juranda, que em 2013 sofreu uma queda na casa dos avós, entrou em coma, foi desenganado pelos médicos do Hospital Santa Casa de Campo Mourão e, milagrosamente, após intercessão das Irmãs Carmelitas, acordou do coma e hoje leva uma vida normal, vai virar filme.

A prefeita de Juranda, Leila Amadei, é quem divulgou que as filmagens começam já em novembro e que o elenco, que deve contar com artistas de renome nacional, já está praticamente definido.

Segundo Amadei, se o cronograma for seguido à risca (não ocorrer nenhum contratempo) o filme pode ser lançado já em maio de 2024.

O acidente

O dia 03 de março de 2013 ficou marcado na pequena cidade de Juranda, localizada na região centro-oeste do Paraná, onde o menino Lucas de apenas 5 anos, ao brincar com a irmã, caiu da janela do apartamento dos avós (na altura sem gradeamento) e sofreu uma grave lesão cerebral.

Intercessão das Irmãs Carmelitas

Os pais, ao verem o filho hospitalizado e em coma, recorreram às Irmãs Carmelitas do Mosteiro de Nossa Senhora do Carmo em Campo Mourão (69 km de Juranda), que reuniram-se em oração pelo menino Lucas pedindo a intercessão dos Pastorinhos de Fátima, também crianças.

O MilagreDesenganado pelos médicos, Lucas recuperou-se acordando do coma e perguntando pela irmã. A cura que já era considerada um milagre pela comunidade local seguiu um longo e criterioso processo de canonização, onde um tribunal eclesial foi montado para que as testemunhas fossem ouvidas e o relatório encaminhado para o Vaticano.A boa notícia veio em 2017 quando a Santa Sé reconheceu a grande benção atribuída ao Lucas através da intercessão dos Pastorinhos. Naquele ano o Papa Francisco canonizou os Pastorinhos na mesma data em que se comemorava o centenário das aparições em Fátima, e assim Francisco Marto e Jacinta Marto tornaram-se as primeiras crianças santas não martirizadas.

Fonte: CRN

 

OUTRAS NOTÍCIAS